www.mossoro-reporter.blogspot.com

Loading...

Total de Visitas deste Blog

contador gratuito
TOTAL DE VISITAS ATÉ O MOMENTO

Cadastre-se você também, ja somos 46 brothers no Clube Vip *****

RESERVADO PARA SUA PUBLICIDADE

Calendario

10 de fevereiro de 2016

SÉRGIO MORO AUTORIZA POLÍCIA FEDERAL INVESTIGAR SÍTIO FREQUENTADO POR LULA


O juiz federal Sérgio Moro autorizou a Polícia Federal a investigar formalmente o sítio de Atibaia frequentado pelo ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.


Existem suspeitas de que ele seja o real proprietário do imóvel, mas que, para driblar a Justiça, tenha usado um laranja para registrá-lo.


O imóvel está no nome de um sócio do filho do ex-presidente.

O documento autorizando a abertura do novo inquérito é sigiloso e foi assinado por Moro no dia 4 de fevereiro.

Ele entrou no sistema da Justiça Federal do Paraná apenas na terça-feira (9).

O inquérito deve tramitar sob sigilo à pedido do ex-presidente: “Este Juízo não tem óbices à efetivação do desmembramento requerido pela PF”, afirmou Sérgio Moro ao autorizar a nova investigação.



BUMLAI

Já existem depoimentos dados ao Ministério Público de São Paulo, que iniciou as investigações, indicando que o pecuarista José Carlos Marques Bumlai e as construtoras OAS e Odebrecht pagaram pela reforma e pelos móveis do sítio em Atibaia.


Bumlai é considerado ‘compadre’ de Lula.

POR Júlio Nasser


Quarta-feira, 10 de fevereiro, 2016

8 de fevereiro de 2016

MACACOS NÃO ME MORDAM



Feliz Ano Novo. Corre! Minha proposta, positiva, otimista: vamos tentar começar de novo, nem que seja usando o ano novo dos outros, porque esses nossos primeiros dias não foram bolinho, não refrescaram os nossos calores, muito menos mostraram a luz do fim do túnel. Vamos abrir outro ano; vamos agora de Ano Novo Chinês, 8 de fevereiro, Lua Nova, entrando no Ano do Macaco, o 4714. Será - mais precisamente - o Ano do Macaco de Fogo que, dizem, ajuda quem planta o bem. Vai até 27 de janeiro do ano que vem

Nesse período vai dar tempo de a gente pular uns galhos. Poderia ser Macaco de Metal, Água ou Madeira, mas agora é o de Fogo, tudo de acordo com o ano. O Macaco de Fogo cobra com juros o que foi injusto, falso e destruidor de vidas e sonhos, descobri, buscando mais sobre esses mitos. E como de juros a gente entende, penso que o tal macaquinho pode bem vir a ser um bom amuleto para a gente se apegar esse ano, pedindo para melhorar um pouco a situação e inclusive comprando até algumas bugigangas com a cara dele vindas justamente lá da China. Prepare-se que os macacos vão inundar o mercado de todo o planeta a partir dessa semana.

Daí a minha proposta de que façamos outro Ano Novo, só não dá para gastar muito nem comprar roupas novas que estão pela hora da morte. Vamos entrando, ver no que dá.

Dizem ainda que, se achamos que 2015 foi cheio de surpresas, desafios, mudanças e agitação, melhor se preparar para viver em 2016 o dobro disso tudo. O Macaco é um dos 12 animais símbolos do zodíaco chinês, onde cada um representa um ano. De acordo com a lenda, Buda chamou todos os animais a si antes de se mandar da face da Terra. Somente doze animais teriam vindo despedir-se. Como recompensa ele nomeou um ano para cada um pela ordem em que chegaram. Veio primeiro o rato, depois o boi, o tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, carneiro, macaco, galo, cão e porco. Bonito, né?

Bonito, mas essas coisas são sempre muito intrigantes. O macaco é um animal especial, inteligente e muito próximo, creio que eles também pensem assim quando nos veem. Em comum, tivemos lá atrás - há mais de seis milhões de anos - um mesmo antepassado, em solo africano. Uma linhagem virou o que somos. Outra, o que eles são, evoluindo por lá mesmo. Nós não descendemos dos macacos, como ainda tem quem ache. Não os substituímos, eles estão aí. Somos apenas bem parecidos.

Cada macaco no seu galho, nos diriam, baixinho, para não despertar uns chatos politicamente corretos, sociólogos de gabinete que associam essa tão conhecida expressão com uma "clara tentativa de intimidação social, de manutenção do status quo". Prefiro, ao contrário, entender como "não se meta no meu território", "cuide de sua vida que eu cuido da minha". Não invada meu espaço. Tenho pensado muito sobre isso vendo tanta gente fazendo "jornalismo", "comunicação", sem ter noção dessa responsabilidade.

Mas repara que o macaco já está na ordem do dia. Uma boa parcela da população, pasma com tudo que vem sendo revelado nos últimos meses, com tudo que tem ido abaixo no país nos últimos meses, tem pensado seriamente em mandar um certo grupo político, um certo partido e seus líderes de barro, fazer o quê? Justamente: pentear macacos! Uma expressão comum e bem engraçada, se a gente ficar pensando que não deve ser nada fácil pegar o bichinho para pentear. Manda alguém ir fazer isso é não estar querendo vê-lo por perto por um bom tempo. Exatamente o que faremos quando nos livrarmos desses micos, e que estão nos fazendo pagar outros, alguns até bem esquisitos, diante do mundo.

Os macacos estão dando as cartas, como nos jogos dos baralhos tradicionais, em que alguém os tirava, aquele mico de circo. Têm a ver até com o nosso mais novo motivo para pânico, o vírus zika. O vírus foi isolado, encontrado pela primeira vez em 1947 em um macaco na floresta de Zika, que lhe dá o nome, em Uganda, África. De lá, veio se espalhando e chegou aos humanos como uma trágica vingança daqueles descendentes que não viraram humanos na evolução das espécies. Voa com o Aedes aegypti, o mosquito invocado, que tem um leque de doenças em sua mochila de viagem.

Então, Feliz Ano novo. Aproveitando as deixas budistas, lembro ainda de outros três macaquinhos, os chamados sábios, os que tapam os olhos, os ouvidos e a boca numa boa proposta resumida no provérbio "não veja o mal, não ouça o mal, não fale o mal".

Só que aqui, no momento atual, precisaremos fazer ao contrário: temos de ver bem o que está acontecendo, ouvir com atenção e abrir a boca para protestar, inquietos, fazendo uma algazarra bem grande para nos livrarmos de todos desses perigos.

Marli Gonçalves, jornalista do chunbogrosso.com.br - Cachorro, no horóscopo chinês. Mas fica com a macaca quando tomam nossa banana de cada dia.

Segunda-feira, 08 de fevereiro, 2016

6 de fevereiro de 2016

GEORGE MORAIS: “PDT BUSCA FORTALECER BASE DE MARCONI”




George Morais e Airton corretor: PDT pré-candidato a prefeitura de Águas Lindas

Ex-prefeito e dirigente trabalhista diz que meta é eleger 25 prefeitos em

O ex-prefeito e presidente estadual do PDT, George Morais, afirmou que o partido atua, em Goiás, para fortalecer a base do governador Marconi Perillo em todo o Estado, cuja meta é eleger, este ano, 25 prefeitos. “Saímos de um prefeito, em 2012 e contamos hoje com 12. Já lançamos este ano 70 pré-candidatos às prefeituras e trabalhamos para eleger 25 em outubro.”

            Prefeito de Trindade por dois mandatos e marido da deputada federal Flávia Morais, George diz que o PDT fará alianças com os partidos da base do governador Marconi Perillo, de olho nas eleições de 2018. “No interior, temos buscado alianças com os partidos aliados ao Palácio das Esmeraldas. O PDT contribuiu com a reeleição de Marconi e temos compromisso com a governabilidade em Goiás.”

            George Morais, que é médico, percorre os municípios goianos com o seu “ônibus itinerante”, cujo trabalho social atende às populações carentes. “Desde o início de sua minha carreira política, faço um trabalho de assistência social, socorrendo os mais necessitados.”

            O ex-prefeito de Trindade programou uma série de encontros regionais do PDT, na busca de definir os candidatos a prefeito e vereador, além de dialogar com as demais legendas que integram a base de apoio do governo estadual. “Eu e a deputada Flávia Morais estamos satisfeitos com a quantidade de lideranças que tem buscado o PDT para concorrer às prefeituras.”             
Goiânia

            O dirigente adianta que a tendência do PDT é não lançar candidato próprio à prefeitura de Goiânia, mas formar uma frente partidária capaz de vencer as eleições em 2 de outubro. George Morais iniciou conversações com dirigentes, parlamentares e pré-candidatos do PSDB, PTB, PSD, PSB. “Defendo amplo diálogo com os partidos da base do governador Marconi. Iremos apresentar um projeto alternativo para a cidade de Goiânia, dentro de uma visão moderna de gestão pública.”

            George Morais diz que respeita a posição do vereador Paulinho Graus, que tem conversado com o ex-prefeito Iris Rezende (PMDB), a quem sempre foi politicamente ligado.                                           
Projeção de Marconi           

George Morais a mídia nacional já reconhece a ascensão política do governador Marconi Perillo e já o coloca como alternativa para a disputa à presidência da República. “Recentemente, a revista Veja citou Marconi como uma das opções do PSDB para a corrida presidencial, ao lado de Geraldo Alkmin, José Serra e Aécio Neves”.

            Para o ex-prefeito, o trabalho realizado à frente do governo de Goiás, em quatro mandatos, projeta Marconi Perillo no cenário político nacional. “Os programas sociais implementados pelo governador, como Bolsa Universitária, Renda Cidadã, Cheque Moradia e outros, foram copiados pelo governo federal, governadores e prefeitos de capitais.”      
O PDT vai lançar candidato próprio à prefeitura de Padre Bernardo, cidade a 240 quilômetros de Goiânia. A informação é de George Morais, presidente estadual do partido. Desde que o prefeito Claudiênio Teixeira trocou o PDT pelo PSDB, os trabalhistas iniciaram articulações para lançar um nome capaz de enfrentar, nas urnas, o atual administrador da cidade.

            O empresário Antônio Pires comunicou à direção estadual do PDT a sua disposição de representar o partido nas eleições deste ano, como candidato a prefeito. “Coloco meu nome à disposição do PDT. Quero oferecer minha contribuição à cidade, pois tenho vários projetos para debater com a população nesta campanha eleitoral.”

            À reportagem do Diário da Manhã, Antônio Pires resumiu as suas propostas para uma futura gestão em Padre Bernardo: criação de distrito industrial, com incentivos fiscais, atraindo empresas agroindustriais, entre outras, com geração de empregos.

            Além de Antônio Pires, o PDT também avalia os seguintes nomes para uma eventual disputa à prefeitura de Padre Bernardo: Ezequiel de Castro (ex-vice-prefeito), Carlos Ladislau (advogado), Simonal de Freitas (ex-suplente de deputado estadual) e Ciro de Melo (ex-prefeito).

Com informações do DM online


Sábado, 06 de fevereiro, 2016

LULA NÃO É MAIS UM CANDIDATO VIÁVEL EM 2018, DIZ CONSULTORIA DE RISCO EURASIA GROUP




O ex-presidente Lula “não representa mais um candidato viável para 2018”, segundo a consultoria de risco político Eurasia Group – uma das mais respeitadas do mundo.

Os números da consultoria revelam que o estrago feito pela Operação Lava Jato na imagem do petista é muito superior ao impacto do mensalão. Enquanto em agosto de 2005, no início do mensalão, 49% consideravam o ex-presidente um político honesto, “agora, esse número caiu para 25%”.

O estudo destaca, ainda, que as dificuldades legais de Lula “representam um sério e imediato desafio para o governo Dilma”. E argumenta que “as chances de o PT se manter no governo (na próxima eleição) são extraordinariamente baixas”.

No entanto, a Eurasia afirma que oposição e políticos centristas entendem que o PT como um todo está em apuros, mas eles ainda veem a "ameaça Lula" como real. Segundo a Eurasia, olhando estes critérios, com base nos dados da Ipsos, as chances do PT continuar no poder estão abaixo de 5%.

"Olhando para a eleição de 2018, independente de personalidades políticas, por que os eleitores optariam por manter o PT no poder após 16 anos e tendo passado pela mais profunda recessão econômica da história do País?"

"Em suma, a profundidade do escândalo Lava Jato já rebaixou Lula, aos olhos de 70% da população, para a categoria de mais um político corrupto. Para ter certeza, a sua imagem poderia se recuperar, embora isso exija que se vire a página da Lava Jato. Ele ainda mantém uma base do núcleo de apoio, talvez 20% do eleitorado, composto de sindicatos e as famílias mais pobres que se beneficiaram durante seus dois mandatos. Mas Lula já não representa mais um candidato viável 2018. A única questão real é se Lula e se o PT poderão manter a percepção de possuir um potencial competitivo vivo para este ano e para o próximo. Este último é certamente importante pela própria posição política de Lula, e para manter o PT minimamente energizado", afirma a Eurasia.

Por: Diário do Poder online

Sábado, 06 de fevereiro, 2016