Mensagem

Cadastre-se você também, ja somos 46 brothers no Clube Vip *****

RESERVADO PARA SUA PUBLICIDADE

Calendario

15 de abril de 2017

AS NOVAS TENDÊNCIAS PARA AS TELECOMUNICAÇÕES: O 5G



O avanço da tecnologia é constante. Conforme surgem inovações no setor de telecomunicações e com a evolução das redes sem fio, a Internet das Coisas (IoT) se expande para níveis inimagináveis, por isso a necessidade de uma conectividade mais ágil, eficiente, disponível a qualquer hora e em qualquer lugar torna-se uma exigência no mundo atual. Por isso muitas empresas estão se preparando para o próximo passo na tecnologia de redes sem fios: o 5G.

Uma previsão da Cisco, gigante mundial da área de Tecnologia da Informação, aponta que, até 2020, haverá mais de 50 bilhões de dispositivos interconectados na IoT, o que terá um impacto significativo sobre as redes. Cada vez mais haverá uma maior demanda por largura de banda, e a busca pela melhor experiência possível por parte dos usuários forçará as redes a evoluir, por isso o 5G é um passo em direção ao futuro.

No entanto, para Kevin Linehan, VP Office of the CTO da CommScope, o desenvolvimento da tecnologia 5G não só irá conduzir a inovações nas soluções futuras, mas requer a implementação de novas estratégias para atingir a visão 5G, as quais enumera em três fundamentos, sobre os quais poderá conhecer mais detalhades durante o Mobile World Congress 2017, onde a CommScope estará presente:

• Densificação: Com o aumento da largura de banda necessária para LTE, serão necessários mais cell sites, mais macrosites, mais setores de macrosites, um maior número de small cells e mais pontos de acesso em ambientes fechados, que exigirão mais redes de backhaul, mais fibra e melhor tecnologia para atender a largura de banda. Por isso, para macrosites haverá avanços como MIMO em massa, que pode fornecer dez vezes o progresso na eficiência espectral, enquanto para small cells veremos o uso de ondas milimétricas que irá proporcionar canais de largura de banda não em dezenas de MHz, mas centenas de MHz, que proporcionam aumentos incríveis em desempenho.

• Virtualização: A rede começa a ser vista mais como um centro de dados. A rede central se “transformará” em um grande data center de hiperescala; enquanto a RAN será mais como uma série de data centers distribuídos. Essa virtualização permitirá um maior nível de eficiência na rede e maior agilidade, enquanto para os operadores significará uma rápida implantação de novos serviços para os consumidores.

• Otimização: as redes irão se tornar mais eficientes devido a novas tecnologias, como a rede de auto-organização (SON) avançadas, beamforming avançada, bem como a melhor utilização do espectro, seja compartilhada, licenciados ou não licenciados.

Embora comercialmente o 5G seja esperado para chegar ao mercado no ano de 2020, tanto os operadores como os prestadores de serviços já estão se preparando para apoiar esta nova tecnologia. Nos próximos anos serão desenvolvidas novas soluções para redes convergentes (com fio e sem fio), bem como uma mudança na arquitetura clássica das redes, incluindo a computação em nuvem e virtualização, alcançando uma maior eficiência na transmissão de dados.

Da mesma forma, a chegada do 5G também gerou uma grande discussão em torno da densificação de células necessárias para oferecer suporte a esta nova tecnologia. “Essas células adicionais, exigirão mais potência e backhaul de fibra como nunca antes para satisfazer as necessidades do mundo atual. As pessoas querem se conectar em qualquer lugar e a qualquer hora, por isso no Mobile World Congress 2017 em Barcelona, no estande da CommScope fornecemos todas as informações sobre inovações de redes para levar a tecnologia mais atual para suas mãos. Com estas estratégias que serão implementadas e que apresentamos durante o evento, tenho certeza que o 5G irá atender ao seu estilo de vida conectado”, concluiu Kevin Linehan.

A CommScope participou do Mobile World Congress 2017, que foi realizado em Barcelona, Espanha, de 27 de fevereiro a 2 de março, onde apresentou como a tecnologia 5G e as novas tendências das telecomunicações terão impacto na indústria em um futuro próximo.

Sábado, 15 de Abril de 2017 ás 11hs45

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.