Mensagem

Cadastre-se você também, ja somos 46 brothers no Clube Vip *****

RESERVADO PARA SUA PUBLICIDADE

Calendario

25 de janeiro de 2017

DEZ MENTIRAS QUE RONDAM A MORTE DO MINISTRO TEORI ZAVASCKI



O acidente que tirou a vida do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), gerou uma enxurrada de hipóteses e teorias divulgadas nas redes socais. A queda do avião em que estava o ministro, na última quinta-feira (19), matou outras quatro pessoas. Chocados, internautas trataram de compartilhar informações inverídicas, como, por exemplo, a de que um controlador de voo teria dado orientações equivocadas ao piloto propositadamente. Confira 10 notícias que circularam pela internet:

1- A primeira notícia sobre o acidente do avião que transportava Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, dizia apenas que o ministro estava na lista de passageiros de uma aeronave que tinha se acidentado em Paraty (RJ), não houve confirmação de sua morte por algumas. Só foi necessária essa primeira notícia para que fosse especulada a morte “encomendada” do ministro relator da Lava Jato. A teoria em centenas de posts e comentários nas redes sociais era: não é possível que a morte de um ministro do STF seja um mero acidente.

2- Um grave rumor dizia que o piloto havia sido orientado pela torre de controle em Paraty de forma equivocada, mas proposital. O erro teria causado a queda da aeronave. O responsável seria um homem identificado como ‘sargento Marcondes’. A suposta denúncia que se espalhou no WhatsApp dizia que Marcondes era “filiado ao PT”. Ele também teria apagado a conversa onde teria dado as instruções erradas e estaria naquele momento “preso pela Polícia Federal”. Houve outra versão do mesmo boato sobre o “sargento Marcondes” apontava que ele seria filiado ao PSDB e uma terceira versão que acusava o presidente Michel Temer e o PMDB. A Aeronáutica teve que desmentir a história e garantiu que tal sargento não existe.

3- Outro boato que circulou nas redes sociais foi o de que havia documentos sobre a Lava Jato a bordo no momento da tragédia. O STF, porém, não confirmou a informação. Durante o resgate também não foram encontrados indícios de documentos oficiais perdidos no mar.

4- Rumores dizem que o filho de Teori Zavascki, o advogado Francisco Zavascki, teria afirmado que o acidente foi um ato de sabotagem. Nas redes sociais, o advogado chegou a publicar que a família vinha sendo ameaçada, devido ao trabalho do pai na Operação Lava Jato. A denúncia, no entanto, foi desmentida por ele.