Mensagem

Cadastre-se você também, ja somos 46 brothers no Clube Vip *****

RESERVADO PARA SUA PUBLICIDADE

Calendario

25 de novembro de 2013

ESTRATÉGIA DE DILMA MIRA PREFEITURAS




Governo aposta em 'linha direta' com prefeitos para aumentar rede de apoio na eleição de 2014 e se livrar de pressões de parlamentares

Em uma estratégia para aumentar a capilaridade das ações do Executivo, interiorizar a bandeira do governo federal e colher cada vez mais dividendos políticos, a presidente Dilma Rousseff tem investido numa "linha direta" com prefeitos do País com o objetivo de aumentar sua rede de apoio para as eleições de 2014.

Um efeito colateral que tem sido considerado positivo por seus auxiliares no Palácio do Planalto é que esse modelo ajuda o governo a se livrar de chantagens e pressões de parlamentares, uma vez que ela passa a fazer contato direto com suas bases. São vários os programas em que a estratégia é colocada em curso, como a entrega de habitações populares do programa Minha Casa, Minha Vida e de Unidades Básicas de Saúde.

Mas o que mais tem chamado a atenção é o PAC Equipamentos. Só neste ano, o governo triplicou o número de municípios beneficiados pelo programa com a entrega de retroescavadeiras, de motoniveladoras e de caminhões-caçamba.

Desde que começaram as distribuições de equipamentos, no final de 2011, o programa já atendeu 4.808 municípios (86,4% do total de localidades do País), um investimento que, até 2014, deve chegar a R$ 5 bilhões.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), de janeiro até o final deste ano, 3.786 municípios terão recebido pelo menos um dos equipamentos previstos no programa - em 2012 foram 1.161 municípios e em 2011, 114. Em 2014, os mesmos municípios já beneficiados deverão receber outros equipamentos.

Em 2013, a presidente já comandou 13 cerimônias em que participou da entrega de chaves de máquinas a prefeitos. De acordo com o governo, o cronograma de doação dos equipamentos priorizou, até o final de junho, municípios do semiárido nordestino e em situação de emergência.

Para 2014 está prevista a entrega de 2.055 motoniveladoras, 3.333 caminhões-caçamba, 428 caminhões-pipa e 766 pás carregadeiras, totalizando a distribuição de 6.582 equipamentos, segundo informou o MDA.

Casas. Considerado uma das vitrines da administração petista, o programa Minha Casa, Minha Vida deve entregar cerca de 500 mil unidades habitacionais no ano que vem, número superior ao de 2011 (300.606), 2012 (397.597) e ao de 2013 (324.159). Neste ano, de 1.º de janeiro a 31 de outubro, 4.364 municípios já foram beneficiados com novas unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida, informou o Ministério das Cidades.

Segundo o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, a relação direta com as prefeituras não é exclusividade da presidente Dilma. "Todos os governos têm a mesma prática", diz.
Saúde pública. Em outro esforço de aumentar a capilaridade das ações do Executivo nos municípios, o governo também tem investido nas Unidades Básicas de Saúde. Esses centros destinam-se a resolver 80% da demanda relacionada a problemas de saúde, evitando a superlotação de hospitais.

Segundo o Ministério da Saúde, o programa já beneficiou 5.085 municípios desde a sua implementação, em 2011.

Rafael Moraes Moura - O Estado de S.Paulo

segunda-feira 25 de novembro de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.